• SENSU

Popularização da ciência: o case da disciplina de Pós da Odonto da USP e UFPR

Os convidados do episódio #19 do SENSU TALKS foram Paulo Henrique Braz-Silva, Professor Drº do departamento de Estomatologia da Faculdade de Odontologia da USP e pesquisador do Laboratório de Virologia do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (IMT-FMUSP); Juliana Schussel, Professora Drª de Estomatologia e coordenadora do Programa de Pós-graduação em Odontologia da UFPR e Rafael Zancan Mobile, cirurgião-dentista, mestre em Odontologia e doutorando em Estomatopatologia pela UFPR.





Nesse episódio, foi abordado o desafio dos pesquisadores de expandir o grau de alcance do conhecimento científico. Nesse aspecto, membros da Rede Brasileira de Jornalistas e Comunicadores de Ciência (RedeComCiência) atuam, com apoio dos professores Paulo e Juliana, como professores convidados da disciplina de Popularização da Ciência da Pós-Graduação de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal do Paraná (UFPR).


As aulas são ministradas para alunos da pós-graduação das duas universidades. Os convidados falaram sobre esse case. No final do cursos, os alunos são divididos em grupos para desenvolver o que no jargão da comunicação é chamado de “enxoval completo” (vídeo curto para youtube, podcast, notícia on-line, posts para redes sociais, boletim em áudio, linguagem de meme e tik tok). Com apresentação do diretor da SENSU, Moura Leite Netto, que também é presidente da RedeComCiência, a live foi ao ar em 16 de dezembro pelo Facebook e YouTube. Esta e todas as lives anteriores estão disponíveis no canal.


A odontologia brasileira, de acordo com Paulo, está entre as de melhor reputação do mundo em relação à quantidade e à qualidade de sua produção científica. “Eu sempre tive a percepção de que as pessoas não sabiam disso e de que nós, acadêmicos, não tínhamos as ferramentas para fazer a divulgação científica e que a maioria de nós não via essa tarefa como prioridade”, disse. Foi quando Paulo leu uma matéria, assinada pelo jornalista Moura, no Observatório da Imprensa, justamente sobre o tema divulgação científica. Fez contato e daí surgiu a parceria que resultou no primeiro workshop em 2019 e, depois, na disciplina Popularização da Ciência da Pós-Graduação de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal do Paraná (UFPR).


A professora Juliana disse que “tem sido uma experiência maravilhosa”. Ela contou que apesar de já existir a Agência Escola na universidade, as ações realizadas tinham sido pontuais. “Com a disciplina, a ação é continua e estamos instrumentalizando os alunos para que tenham capacidade de fazer a divulgação científica de maneira autônoma”, afirmou. Para ela, sistematizar o conteúdo em um curso mostra o quanto o tema é importante e que deveria fazer parte da formação do cientista.


Aluno da pós-graduação, Rafael disse que gostou muito do curso. “Como eu já estava pensando em fazer um podcast, escolhi fazer no trabalho final a pílula de áudio. Nosso grupo selecionou o tema, um cientista e um personagem para gravar”, informou. Para ele, o mais importante foi o feedback em relação ao trabalho realizado. Além disso, o curso como um todo mostrou a importância da divulgação científica para a sociedade e revelou que isso pode fazer parte do plano de carreira de um cientista. “Até então, eu nunca tinha pensado assim”, completou.


Os convidados também destacaram que, coincidentemente, a disciplina que começou a ser preparada em 2019 teve início em 2020, justamente o ano da pandemia em que, se por um lado divulgadores científicos ganharam destaque, por outro, a ciência passou a sofrer ataques de negacionistas. Isso contribuiu para que o interesse dos alunos pelo curso ficasse maior ainda. “Na primeira edição tínhamos, inicialmente, 30 vagas e mais de 100 inscritos. Ampliamos as vagas para 55”, lembrou Paulo. Segundo Juliana, quem participou do curso não se decepcionou. Ao contrário, o questionário de avaliação da iniciativa aplicado aos alunos, mostrou que a maioria, além de gostar do curso, considerou estar mais preparado para realizar a divulgação de seu trabalho científico de modo mais embasado.


Confira o vídeo na íntegra e inscreva-se em nosso canal:

https://youtu.be/b1GVTwWIFfQ

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo